mostra temporária

XILOGRAVURA AREQUIPENHA

(Oito Gravadores de Arequipa)

 

Luis Solorio, Ruben Mamani, José Laraquilla,

Geneviève Guadalupe, Abel Rimache, Tania Brun, Nathaly Gonzáles, Edward De Ybarra

 

(A mostra estará aberta de 21 de junho até 5 de agosto de 2018)

 

        Há alguns países cuja produção de xilogravuras surpreende pela alta qualidade das obras que seus gravadores produzem. O Peru inclui-se, sem dúvida, nesse seleto grupo. Já uma vez, no ano de 2014, o Museu Casa da Xilogravura teve a satisfação de oferecer ao público brasileiro uma inédita exposição de xilogravuras peruanas. Foi emocionante, para nós e para nossos visitantes, descobrir a riqueza imaginativa e o apuro estético dos artistas daquele país.

 

Agora, com igual honra e redobrada emoção, nosso Museu apresenta obras jamais vistas entre nós, todas de autoria de gravadores de Arequipa, cidade de quase um milhão de habitantes, a segunda maior do Peru, situada cerca de 1.000 quilômetros ao sul de Lima.

 

O Curador da mostra é o Prof. Manuel Munive Maco, promotor cultural independente e crítico de arte.  Nascido em Lima, Peru, em 1971, Munive estudou na Escola de Arte da Universidade San Marco e na Escola de Periodismo Bausate y Mesa. Publicou artigos, ensaios e livros sobre artes visuais. Ministrou cursos e seminários em diversas instituições prestigiosas do Peru. O tema de seus trabalhos é, predominantemente, a arte peruana contemporânea, em especial gravura, fotografia, pintura, escultura e novas mídias.

 

Para esta exposição, Munive selecionou xilogravuras de oito artistas arequipenhos, cujas obras confirmam o compromisso que os mantém ligados às tradições da gráfica peruana. As respectivas datas de nascimento nos permitem observar que eles estão ativos no cenário artístico atual do País vizinho. São eles: Luis Solorio (1955), Ruben Mamani (1961), José Laraquilla (1968), Geneviève Guadalupe (1968), Abel Rimache (1973), Tania Brun (1982), Nathaly Gonzáles (1984) e Eward De Ybarra (1988).

 

Cumpre-nos, ainda, agradecer o valioso apoio do Consulado do Peru em São Paulo, na pessoa da Sra. Consul Geral Lourdes Hilbck, para a realização desta ótima exposição de xilogravura contemporânea do Peru.

Av. Eduardo Moreira da Cruz, 295,
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil



voltar ao topo