destaque da vez

XYLOPRINT BRAZIL 2019

Revelou-se um sucesso o concurso Xyloprint Brazil 2019  com a participação de 59 artistas residentes no Exterior.

 A exposição das obras enviadas recebeu  intensa visitação desde 2 de maio  até 27 de agosto de 2019.

Participaram artistas de 19 países: Alemanha, Argentina, Canadá, China Macau, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França,  Grécia, Holanda, Itália,  Malásia, México, Peru, Portugal,  Taiwan, Timor Leste, Turquia e Venezuela. Os nomes dos artistas são os seguintes: Adriano Castro, Alejandro Luis Iglesias, Ana Maria Gelso, Andrea Angrisani, Angela Kuckartz, Anteo Scordamaglia, Antonia Liliana Brienza, Bernd Hendl, Carolina Sanz, Catharina Brödlin, Cheong Hoi I, Daniela Di Bari, Elena Hlodec, Eleonora Del Giudice, Emilio Freire, Emine Özdemir,  Ernesto Dávila, Fadli Mokhtar,  Fayolle Violaine, Florencia Macarena Basta, Gabriel Pérez, Gino Savino, Hilda Paz Levozán, Hüsniye Ceylan, Ignacio Navarro Cortez,  Inu Bere,  Irene Ribeiro,  Isabelle Gourcerol, Jan Hamstra, Joanne Price, Jorge Eliecer Rodriguez Osorio, Julieta Warman, Kimmy Tseng, Laura Chicopar, Leonie van Santvoort, Lorena Bianco, Luciana Ortega, Luis Antonio Torres Villar , Luis Henriquez, Luis Morado, Marcela Miranda, Marcelo Kopp,  Maximilian Holl, Mike Straub, Monica Sanchez Vergara, Nestor Rossi, Paul Constance, Rescan Cecile, Sarah Sipling, Sebastian Knöbber,  Sophie Dang Vu, Teresa Pedroso,  Theodoros Fragkos, Tom Thijsse, Ulisses Lociks, Umberto Giovannini, Valerie Syposz, Veronica Longo e Yezid Vergara Gonzales.

O Prêmio Xyloprint Brazil 2019 foi concedido, em empate, para dois concorrentes:  Jorge Eliecer Rodriguez Osorio  (Colômbia) e Elena Hlodec (França). Receberam ainda  Menção Honrosa: Gino Savino (Canadá), Inu Bere (Timor Leste), Kimmy Tseng (Taiwan), Marcelo Kopp (Argentina) , Maximilian Holl (Alemanha), Ulisses Lociks (Portugal), Umberto Giovannini (Itália)  e Valerie Syposz (Canadá).  As obras premiadas serão mantidas em exibição na Mostra de Longa Duração do Acervo durante 2019 e 2020.

Todas as obras participantes foram integradas ao acervo da Casa da Xilogravura e todos os gravadores inscritos receberam, por correio, Diploma de Participação.

O Museu Casa da Xilogravura agradece a todos que, direta ou indiretamente, colaboraram para que a XyloPrint Brazil 2019 fosse realizada com pleno êxito.

Av. Eduardo Moreira da Cruz, 295,
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil



voltar ao topo